domingo, 9 de dezembro de 2012

Binário da Zona Norte do Recife “na mira” dos motoristas

Proposta da CTTU para desafogar o trânsito no Recife só causou estresse e aumentou mais ainda o tráfego de veículos na região.

O “rolo compressor”, o “empurra com a barriga”, o “deixa pra depois” entre outros ditados populares, está predominando o trânsito da zona norte do Recife. Há pouco mais de um mês de planejado o novo binário Arraial/Encanamento, que propõe a melhoria do trânsito na área, já está causando transtorno e dor de cabeça para muitos motoristas que passam por ali.

A proposta do novo binário é de desafogar o trânsito e fazer com que o ciclista tenha mais espaço para também poder trafegar. As afetadas foram a Estrada do Encanamento, que era mão dupla e agora mão única sentido Av. Dezessete de Agosto e a Estrada do Arraial que também era mão dupla e agora é mão única sentido Casa Amarela.

A complicação começa na hora que muitos moradores da Estrada do Arraial, que precisam pegar a Av. Dezessete de Agosto para poder ir trabalhar, precisa ir até o fim da Arraial, fazer o retorno no mercado de Casa Amarela e pegar a Estrada do Encanamento ou a Av. Norte. Com isso, além dos carros que já desciam da Estrada do Encanamento e da Av. Norte, temos os carros da Estrada do Arraial.

A Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) já tomou conhecimento do problema e já tentou amenizar a situação, colocando policiais para ajudar no trânsito, mas mesmo assim, está praticamente impossível de trafegar na área; a qualquer hora do dia.

Foram feitas reuniões com os engenheiros de trânsito da cidade para tentar a melhoria do tráfego de carros naquela região. Muitas destas com moradores e motoristas revoltados com a mudança. A proposta deles seria desfazer o binário e voltar a ser como antes, mas a CTTU e a Prefeitura afirmam que a proposta do binário, além de diminuir o trânsito era de dar espaço ao pedestre.

Já foi decidido que a CTTU colocará em prática mudanças na circulação de veículos no binário. De acordo com o Diário de Pernambuco “A primeira providência será transformar em via de mão única a Rua Virgínia Loreto, que liga a Rua João Tude de Melo à Avenida 17 de agosto”.

Mas, e os ciclistas? A CTTU também afirma que precisará estudar a situação dos que preferem uma vida mais saudável e/ou fugir do trânsito intenso na área, mas como a cidade é movida por “outros ares” , ficará difícil para os ciclistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário